7 alimentos que ajudam a equilibrar os níveis de glicose no sangue

Você já deve ter ouvido que evitar picos de insulina – hormônio que favorece os estoques de gordura – é importante tanto para a sua saúde (porque diminui o risco de desenvolver o dia betes) quanto para a sua dieta (adeus, volume abdominal!). E o que dispara esse processo é o alto consumo de carboidratos, que, no sangue, viram açúcar.

Para a nossa sorte, existem alguns alimentos que podem conter rapidamente os níveis do ingrediente doce na corrente sanguínea. Conheça alguns deles:

 

1. Espinafre

A verdura é rica em aminoácidos e boa fonte de minerais como cálcio, magnésio e potássio, além de diminuir os níveis da pressão arterial. O alimento também contém boas doses de fibras, que ajudam a reduzir o açúcar no sangue.

2. Abacate

A fruta é uma ótima fonte de gordura boa e, consequentemente, tem muitas calorias (160 em 100 gramas). No entanto, é uma grande aliada de quem quer diminuir tamanhos! Formada basicamente de ácido oleico (a mesma substância anti-inflamatória do azeite de oliva), a gordura do abacate reduz o risco de síndrome metabólica – desordem capaz de desencadear dia betes e obesidade.

3. Ovo

O alimento é uma excelente fonte de proteína, gorduras saudáveis ​​e vitaminas (B12 e D). Não por acaso, o ovo é um dos favoritos na lista de supermercado de quem quer secar – basta consumir com moderação. Por ser facilmente digerido pelo organismo, ele regula a sacarose e segura os níveis de açúcar, além de dar saciedade.

4. Brócolis

Existem vários (bons!) motivos para você apostar no vegetal. Ele é uma boa fonte de fibras, que são a chave para a manutenção dos níveis saudáveis ​​de açúcar no sangue. Sem contar que melhoram o funcionamento do intestino e seguram a fome por mais tempo.

5. Amêndoas

Além de ser uma opção fácil de lanchinho, estudos indicam que a amêndoa auxilia na perda de peso, pois é rica em gorduras monoinsaturadas, responsáveis por manter estável o açúcar no sangue e ativar a queima de gorduras.

6. Chia

Essa sementinha, originária do México, possui alto valor nutricional e virou figurinha carimbada entre os ingredientes de receitas saudáveis. Ela é fonte de proteínas, fibras, ômegas 3 e 6, antioxidantes, vitaminas e minerais, como cálcio, magnésio e ferro. Não à toa, é capaz de ajudar na prevenção de doenças cardiovasculares e osteoporose, além de melhorar o funcionamento intestinal e colaborar com o controle da glicemia.

7. Lentilha

Rica em proteína, ferro, potássio e fibras, a leguminosa é uma excelente aposta se você deseja deixar o sangue menos doce. Bônus: a lentilha é rica em antioxidantes que protegem a pele e evitam doenças do envelhecimento.

Veja aqui como regular o seu sangue

arrow
submit button